InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se


Tudo o que se sabe sobre os antigos X-Men se resume em uma história em que os mais fortes e sobreviventes podem se recordar, o presente é o entulho e escombro do que restou do passado, a força da vilania se mostrou soberba e implacável diante dos antigos X-Men, Vingadores e SHIELD. Diante da situação onde Carrascos, Irmandade Mutante e Clube do Inferno se mostram soberanos em todo os E.U.A , uma nova instituição de ensino para jovens mutantes se ergue afim de mostrar que está disposta a restaurar a paz e o legado que os X-Men e Charles Xavier deixaram para eles, mas é claro que a União da Vilania não está disposta a deixar isso acontecer, eles buscam um poder que se perdeu durante o chamado Massacre X, enquanto esmagavam o fraco poder dos X-Men um trunfo se perdeu em meio à corpos e sangue. Caso a União encontre este poder antes dos novos heróis, a recém construída Universidade Vegas para Jovens Superdotados pode vir a ter o mesmo destino do Instituto Xavier, se o bem vai padecer perante o mal mais uma vez, cabe a você escolher o lado pelo qual vai lutar e decidir o curso dessa nova história...
ADM

Logan
Logan
Logan
Logan
Logan

Suporte
Últimos assuntos
» Fundos da Universidade - Disciplina: Sobrevivência
Dom Jun 14, 2015 12:34 pm por Emma Frost

» [FP] Nicholas Lewis
Sex Jun 05, 2015 11:52 am por Aleksander Konstantinov

» Hall de Entrada
Qua Jun 03, 2015 2:36 pm por Deron Bryce

» Pega o de Cima ou Arrisca o de Baixo?
Ter Maio 19, 2015 9:42 am por Henzo Findergarth

» Salada de Frutas
Ter Maio 19, 2015 9:40 am por Henzo Findergarth

» Me de uma nota
Seg Maio 18, 2015 2:03 pm por Morgana Stanford

» [FP]Volkner Muller Deanford
Dom Maio 17, 2015 6:19 pm por Aleksander Konstantinov

» Vamos desabafar
Qui Maio 14, 2015 7:24 pm por Jasmynne Windy Berbarov

» Inscrições para as Aulas
Seg Maio 11, 2015 6:41 pm por Aleksander Konstantinov

Parceiros
RPG - Hogwarts School

Fórum grátis



Compartilhe | 
 

 {FP} Jasmynne Windy Berbarov

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Jasmynne Windy Berbarov
X-Men / Paragões
X-Men / Paragões
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 09/05/2015

Ficha Mutante
Nível: 1
Poderes: Umbracinese, Super Condições Físicas e Super Inteligência
Power Force: 10/100

MensagemAssunto: {FP} Jasmynne Windy Berbarov   Sab Maio 09, 2015 8:12 pm


Jasmynne Windy Berbarov


Idade: 23 anos
Alcunha: Darknes
Grupo: X- Men [Paragões]


Características
Físicas

Magra de cabelos negros e olhos de cor azul cristalino, lábios delicados e largos deixando exposto seu lindo e cativante sorriso de belíssimo brilho. É baixa medindo 1,60 m e pesando apenas 54 kg, corpo esguio porém bem definido e sexy.

Psicológicas

É um pouco ríspida mas sem ter intenção de ser grossa ou maltratar alguém, está sempre com preguiça e não gosta de ser incomodada, prefere ficar deitada em algum canto apenas fumando um cigarro e ouvindo música. Atende somente sua irmã caçula Morgana Stanford, tendo um instinto maternal muito forte e aguçado, mexer com Morgana é um delicioso convite para que Jasmynne mostre o que suas habilidades podem fazer.



Dados Mutantes
Características e Habilidades

Características Marcantes:

A sua característica é estar sempre com fones de ouvido.

Habilidades Comuns:

Ainda não possui nenhuma


Poderes

Poderes:

Umbracinese

Super Inteligência

Super Condições Fìsicas



Descrição dos Poderes:

*Umbracinese: Capacidade de manipular as sombras e tudo ligado à elas, assim ela pode criar construtos, clones, viajar pelas sombras, usa-las para voar e coisas que se relacionem com as sombras.

*  Super Inteligência: Possui uma atividade cerebral super acelerada, capaz de compreender situações em milésimos de segundos, possui a capacidade de aprendizado 100 vezes maior que um humano, consegue utilizar 100% do cérebro.


*Super Condições Físicas: Possui super resistência óssea que o permite sofrer grandes quedas e impactos sem sofrer danos. Possui super força que o permite erguer toneladas sem grande esforço, tem um defesa muito forte contra tiros e cortes que não o ferem gravemente, sua agilidade e velocidade impressionam qualquer super atleta.

DESCREVA O QUE PODE REALIZAR COM SEUS PODERES.

Níveis dos Poderes:

Com base no Protocolo de Poderes:

Umbracinese

Super Condições Fisicas

Super Inteligência

História


 Jasmynne era uma jovem adotada pela família Davenport desde seus 3 anos de idade, mas a família já tinha uma pequena filha chamada de Morgana, inicialmente os pais das meninas temiam que elas não se dessem muito bem pois poderia ocorrer um caso de ciúmes entre elas por não compreenderem a questão de uma adoção.

 Ao contrário do que se pensava as duas garotinhas se aceitaram muito bem pois a diferença de idade entre elas era de apenas 1 ano de idade, sendo Jasmynne a mais velha, os pais das meninas sabiam de um detalhe importante sobre Jasmynne, ela manifestava em certas ocasiões habilidades além das capacidades humanas, ela conseguia conversar perfeitamente com apenas 3 anos de idade, aos 4 anos conseguia ler livros poéticos e filosóficos despertando seu interesse ainda mais, apenas os lia mesmo sem conhecer todos os significados que eles traziam. Aos 5 anos de idade o pai das meninas, Andrew Berbarov Stanford levou Jasmynne para um amigo Médico Cientista chamado Klaus Haustonken, era um brilhante pesquisador biogenético e estudava as causas para as mutações genéticas darem habilidades incríveis para algumas pessoas gerando os tão descriminados mutantes. Andrew levou Jasmynne para o médico pois ela novamente havia demonstrado em alguns episódios ter poderes mutantes, e ele já sabia disso e somente por esse motivo adotou a garota e isso se dava pela razão da mãe das meninas estar doente e ter um curto período de vida devido um incurável tumor em seu cérebro.

A esperança de Andrew para salvar a sua esposa era que Klaus tendo um espécime mutante vivo pudesse encontrar um genes ou coisa semelhante que lhe ajudasse à descobrir uma cura ou modo de reverter o quadro de sua esposa. Todos os dias no mesmo horário Andrew e Jasmynne iam até a clínica de Klaus para que ele fizesse exames e profundas pesquisas com a menina, a criança sabia o por que daquilo tudo pois Andrew explicou para ela a situação de sua mãe e somente ela por ser uma mutante poderia ajudar Klaus à salvar a vida de sua mãe Margareth, sabendo da importância daquilo a criança concorda em se comportar e cooperar com o médico.

Dois anos se passaram, logo foram 4 e então 7 anos completos haviam corrido como o sopro do vento em vasta floresta, durante uma tarde de incansáveis exames e testes o celular de Adnrew toca, Jasmynne estava deitada em uma maca enquanto Klaus retirava mais uma amostra de sangue antes de seda-la para fazer alguns testes que poderiam lhe causar dores e atrapalhar os resultados finais. Ela nota a agitação de seu pai que subitamente começa à andar de um lado para o outro e sua voz ecoava do lado de fora tornando-se audível para a garota, ele então bate no vidro de observação do quarto e jogava o celular para longe, ele lentamente se escorava em seus antebraços e abaixava a cabeça, Jasmynne podia imaginar a única coisa que poderia arrancar sinceras lágrimas de um homem, seu peito se apertou em profunda dor e ela começou a chorar, pela primeira vez em sua vida Jasmynne deixava suas reais emoções fluírem.

 Dr.Klaus percebeu que o clima estava complicado para trabalhar então deixou o material de lado e foi conversar com Andrew, ao ter as questões esclarecidas Jasmynne pode ver os amigos se abraçarem e Klaus tentar reconfortar o pai da garota, após aquele dia Jasmynne tornou-se fechada e distante de tudo e de todos, ela imaginava que seria mais seguro manter-se controlada para não machucar seu pai e nem Morgana caso perdesse o controle de seus poderes mutantes, foram necessários alguns meses para que Jasmynne conseguisse entrar no quarto de seu pai sem cair em profundo pranto por saudade de sua mãe, somente ela sabia a dor que sentia e a vontade que tinha de cometer suicídio. Ela se mantinha em silêncio mas em seu interior sua alma gemia e agonizava como um doente em seu leito de morte agonizando seus últimos suspiros antes de ser arrebatado pelo frio abraço da morte, ela se perguntava se o fim de sua amada mãe fora desse modo ou se foi como cair em um profundo sono após um dia de correria e brincadeira, se ela apenas sentiu uma enorme exaustão e fechou seus olhos azuis da cor de um diamante e adormeceu tranquilamente pela eternidade.

Enquanto imaginava as inúmeras possibilidades de sua mãe ter partido ela usando sem saber de sua super inteligência imagina que não só ela poderia estar arrasada e sofrendo profundamente com isso, ela vai até a varando dos fundos onde avista seu pai sentado em uma cadeira de madeira, estava gasta pelo tempo e pelas intempéries do clima como vento, chuvas, sol e sereno que faziam o madeiramento do objeto se desgastar, á frente de seu pai estava uma pequena mesa de quatro lugares onde no passado a família costumava fazer seus piqueniques. Sobre a mesa estavam algumas garrafas vazias de Vodca, Whisky e ao que parecia Absinto, não só sobre a mesa como pelo gramada ao redor da mesa, seu pai fumava um cigarro enquanto deixava a carteira de onde aquele cigarro viera sobre a mesa ao lado de uma garrafa de Absinto que estava pela metade. O homem olhava para sua filha tentando esboçar algum sentimento afetivo para que a menina não se sentisse mal ao ver seu velho pai naquele estado tão decadente, mesmo não sendo mais uma criança ele a pegava e a colocava em seu colo a abraçando com força e beijando seu rosto dizendo que logo tudo ficaria bem. Ela se vira para o pai e beija sua testa apenas esboçando um sorriso que ela sabia ser apreciado pelo seu querido pai, desde pequena ela o ouvia dizer que amava quando ela abria seu sorriso para ele e o fazia ganhar o dia, e mais uma vez ele lhe repetia essa frase fazendo-a deixar escapar singelas lágrimas pelo canto dos brilhantes olhos. Andrew acariciava a face da sua filha olhando em seus olhos dizendo que eles eram idênticos ao de sua mãe e que ela aprendera muitas manias e trejeitos de sua finada mãe, e isso fazia a jovem imaginar que tais lembranças poderiam estar magoando seu pai, que sua semelhança com ela poderia ferir-lhe por parecer estar sempre vendo Margaret nela, naquele fim de tarde Jasmynne prometeu ao pai cuidar de sua irmã com todo seu amor e que iria ajuda-lo a superar o trauma da perda de sua esposa  e também a mãe das meninas.

 Um certo dia acorda e vai até o banheiro de seu quarto e de Morgana, ainda sonolenta e com as vistas embaçadas ela caminha pelo quarto tentando não acordar sua irmã, ela abre a torneira da pia e solta baixo e agudo grito ao sentir a água gelada lhe lavar as palmas, ela espera a água se aquecer um pouco estando em temperatura natural ela juntas as palmas em formato de uma concha pegando um pouco da água e lavando seu rosto.
 Lentamente se erguia e esticava o braço apanhando uma toalhinha de rosto que ficava pendura em uma barra de toalhas na parede do banheiro, pegando a toalha e secando o rosto ela abria o armário do espelho para apanhar sua escova de dentes, assim que terminava sua higiene bocal pegava uma escova de cabelos para se pentear, enquanto ajeitava seus cabelos negros ela se olhava atentamente no espelho notando que mais de 10 se passaram e os resquícios do trauma ainda não tinham ficado para trás. Ela já possuía 21 anos e nada mudou desde aquela época, seu pai ainda se sentava no jardim da varanda dos fundos para beber e fumar, Morgana ainda sofria com a falta da mãe assim como Jasmynne, e essa por sua vez ainda sentava noco de seu pai para abraça-lo e reafirmar que estaria do lado dele para ajuda-lo a superar aquilo e cuidar de sua irmã. Terminando sua higiene matinal ela ia passava novamente pelo quarto e agora podia perceber que Morgana não estava mais na cama, ela retira sua regatinha e sua calcinha e troca de roupas pegando uma nova calcinha e a vestindo e por seguinte uma calça jeans bem justa, pegava um sutiã branco e o vestia o fechando nas costas e depois apanhava uma blusa branca estampada na frente.

 Se abaixando ao lado da cama ela tentava pegar seus botas de cano longo que com certeza Morgana deveria ter chutado para baixo da cama ao andar sonolenta pelo quarto assim que levantou para se arrumar, a garota se esticava tentando alcançar as botas sem ter de se sujar entrando embaixo da cama. Por sorte conseguira as alcançar pelas beiradas e a trazer para perto de si, as vestia rapidamente para ver se conseguia descer e preparar o café da manhã antes que seu pai acordasse, mas ao chegar nas escadas ela ouvia a voz de seu pai falando firme com Morgana, e essa parecia estar chorando, ouvia alguns gritos baixos e abafados e logo o som de um baque no piso de madeira. Desci rapidamente batendo a porta atrás de mim mas me arrependi de te-la batido, ao chegar na sala de estar fui surpreendida por meu pai me agarrando pelo pescoço e por Dr.Klaus me aplicando um forte sedativo, antes de desmaiar sedada a jovem pode avistar sua irmã caída no chão desacordada. Ela não conseguiu reagir a tempo por medo de machucar seu pai com sua super força, ela sabia do que era capaz mas não pode usar seus dons em quem dedicou-lhe a vida em cuidados e carinhos mesmo sentindo que estava em perigo e sua irmã também, ao acordar ela estava deitada no sofá com sua cabeça sobre o colo de seu pai enquanto ele lhe afagava os cabelos. Jasmynne se levanta devagar com forte tontura e mal estar terrível, seu pai tentava lhe ajudar a ficar sentada para se recompor, ela o obedecia lhe perguntando por que Morgana estava sedada e o que Klaus queria ali e com ela, seu pai explicava que as pesquisas finalmente haviam dado resultado e que o Dr ainda trabalhava nas pesquisas de genes mutantes mesmo com o falecimento de Margaret. Klaus havia dito que provavelmente conseguira gerar um gene mutante capaz de fazer a pessoa adquirir a habilidade de alterar a realidade e as dimensões o que era um dom muito raro, seria através de um chip implantado no cérebro de um ser humano, rapidamente Jasmynne liga os fatos e tenta se levantar com brusco movimento mas cai no chão por seu corpo não lhe responder os comandos.

 Ainda estava sob efeito do sedativo e pelo jeito levariam horas para ela se recuperar, ao perguntar ao pai quanto tempo se passara desde que adormecera ele lhe explica que ela ficou sedada por quatro dias e noites inteiras, Klaus sabia que ela reagiria de forma à querer defender a irmã assim que notasse que fariam uma experiência perigosa com a sua amada caçula. Jasmynne questionava o por que dele concordar em submeter sua filha caçula à algo tão perigoso, e ele dizia que era pela oportunidade dela poder fazer algo que nem mesmo Jasmynne poderia que era a chance de criar uma nova realidade onde Margaret poderia voltar à vida, e trazer novamente a felicidade para sua família. Ao ouvir a pergunta de Jasmynne sobre o que poderia acontecer com Morgana caso o experimento desse errado, e o que ele faria se além de sua esposa ele acabasse perdendo também sua filha caçula, e entre fracos soluços de choro ela completava dizendo que se algo acontecesse com Morgana ele perderia eternamente o amor dela mesma, Jasmynne dava um forte golpe sentimental em seu pai fazendo-o perceber o que suas atitudes poderiam causar.

 Passado o efeito do sedativo Jasmynne saiu de casa apenas com uma mochila de roupas e alimentos para Morgana em caso de a encontrar em breve, ela foi para onde esperava que ainda fosse o laboratório de Klaus mas infelizmente e para tormento da garota ali já não era mais onde o médico trabalhava, ela buscou semanas pela cidade inteira até saber que ele trabalhava em uma pesquisa avançada em um laboratório em Las Vegas,  lá havia um hospital e centro de pesquisa com o porte que a médico necessitava, e Jasmynne sem exitar pegou o primeiro voo para Las Vegas zerando suas economias.  Ao chegar em Las Vegas ela revirou a cidade de cima abaixo, de norte à sul, de leste à oeste até que ao passar de dois anos ela conseguiu descobrir o paradeiro de Klaus, mas ao chegar no laboratório ele encontra o médico preso em uma televisão ou monitor e ele lhe conta tudo o que aconteceu, o experimento deu errado mas Morgana estava bem, ela havia adquirido habilidades mutantes mas não sabia controlá-los, ela ficou lá por alguns anos e depois partiu ao saber sobre um Instituto Universitário para mutantes, o médico lhe dizia que ficava ali mesmo em Las Vegas, furiosa a jovem quebra o aparelho com um forte soco sabendo que não iria ferir o homem e nem mata-lo pois este poderia se mudar para outro objeto eletrônico, saindo dali ela foi atrás de sua irmã para reencontra-la.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
{FP} Jasmynne Windy Berbarov
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Windy Boeing 757 Landing
» Óculos de visão noturna

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Inicial :: Fichas de Personagens :: Fichas para Correção-
Ir para: